Quarta Feira, 22 de Novembro de 2017
Ibema adota política de atenção à terceira idade

Idosos participam de três grupos da terceira idade em Ibema: valorização e respeito.

 Administrador
 11/09/2017|21:09:20
 Saúde

Mais rápido do que se imaginava, o Brasil experimenta mudanças no seu perfil etário. Em vez de um país de jovens como há poucas décadas, ele está se tornando um lugar de pessoas mais velhas.  Porém, sua adaptação para enfrentar essa nova  realidade não ocorre na mesma velocidade.  Em Ibema, a adoção de políticas específicas para a terceira idade ganham destaque pelo respeito e qualidade de vida que oferecem. São 90 idosos que participam, em grupos, de diversas ações oferecidas gratuitamente pela administração pública municipal.

Por determinação do prefeito Adelar Arrosi (PSDB), profissionais foram designados para orientar e acompanhar pessoas da terceira idade nos programas oferecidos. Entre eles estão professores de educação física, fisioterapia, psicólogo, assistente social e coordenadora pedagógica. As atividades são realizadas de segunda a sexta-feira. Nas segundas, há hidroginástica, na terça informática e ginástica laboral, nas quartas e sextas visitas e caminhadas e nas sextas e atividades culturais. Os homens participam de uma atividade específica nas quartas-feiras, o jogo de bocha. Cada grupo é formado por 30 pessoas.

Mais do que qualidade de vida e saúde, a atenção à terceira idade é um sinal de respeito e de valorização da comunidade de Ibema. “São pessoas que trabalharam e produziram durante toda a vida e que, infelizmente, não são tratadas por outras esferas governamentais como deveriam. Por isso, criamos uma política de atenção diferenciada, que faz com que essas pessoas, que tanto se doaram e ainda se doam à sua comunidade, recebam a atenção, a consideração e o carinho do qual são realmente merecedoras”, diz Adelar Arrosi. “Com exceção de alguns, a tendência é de que a maioria das pessoas, e cada vez mais, cheguem à terceira idade. Por isso, os municípios e os órgãos públicos precisam estar preparados para essa nova realidade nacional”, afirma o prefeito.

Exercícios

A idade avançada traz conseqüências às estruturas física e mental das pessoas. O segredo é se manter ativo enquanto puder, ter ocupações. Há diversos problemas de saúde que costumam ser agravados pela velhice, como perda de massa muscular, fragilidade da estrutura óssea e falhas de memória que também é preciso e mais importante exercitar, lembra e de coordenação motora. Para fazer frente a essas limitações que acometem alguns, há atividades e programas que podem melhorar a qualidade de vida. Entre eles estão hidroginástica, caminhadas e atividades de socialização. “Cada pessoa é avaliada para que possa, segundo suas características, participar das atividades mais indicadas para que possa viver melhor”, observa Adelar Arrosi, animado com os resultados que a atenção ao idoso garante em Ibema.



Confira imagem(ns).