Ibema - Resiliente

Sexta Feira, 17 de Agosto de 2018
Informatização melhora resultados em uma área pública essencial

Ibema organiza, orienta e dá mais resolutividade para a saúde pública.

 Administrador
 22/08/2017|20:05:20
 Saúde

Morosidade, vícios, falta de zelo e desorganização foram alguns dos principais problemas que a nova administração de Ibema encontrou em uma análise técnica detalhada feita nos serviços da saúde pública. “Não é de estranhar porque o grau de insatisfação e de reclamações era tão elevado nos últimos meses do ano passado. Os serviços não tinham qualquer dinâmica e as respostas eram lentas demais diante da urgência lá apresentadas”, observa o prefeito Adelar Arrosi (PSDB), que assumiu a gestão em janeiro último.

As correções exigem ações em várias frentes. Diálogo, respeito e aperfeiçoamento dos servidores são aliados de investimentos em tecnologias e em mudanças na forma de recepção e de atendimento nas estruturas públicas mantidas pelo município. "Alguns ajustes simples, como estratégias para acabar com as filas, trazem resultados substanciais e agiliza o atendimento”, diz Adelar Arrosi. De acordo com ele, todas as providências que a administração pública pode empregar para avanços na área são tomadas e os resultados já começam a aparecer.

Há algumas ações, entretanto, que dependem da consciência, do bom-senso e da atitude proativa do próprio usuário do serviço público de saúde. “Todos sabem que os recursos são limitados e que não há dinheiro para contemplar todas as exigências da população. E isso ocorre, na maioria das vezes, por excessos que são cometidos por parte dos próprios pacientes. Nem sempre há motivo justificáveis para procurar o atendimento médico. Mais parece ter se tornado uma cultura para alguns, um habito de visitar o médico como uma terapia ocupacional.

Estudos feitos em várias regiões do Brasil apontam que percentual considerável das consultas médicas em unidades e hospitais públicos não precisariam ter ocorrido. Cerca de 30% dos resultados dos exames que os médicos pedem ao consultar os

pacientes sequer são apanhados e avaliados. “Isso demonstra o quanto todos, com humildade e respeito, precisamos avançar para que um serviço tão essencial possa ser igualmente usufruído, realmente quando há necessidade”. O prefeito Adelar Arrosi prioriza ações de prevenção, cumprindo metas de vacinações, por meio do trabalho de agentes, limpeza publica e secretarias específicas, para reduzir custos com a parte curativa dos segmentos da saúde pública.