Terça Feira, 25 de Junho de 2019
Ibema estimula ações empreendedoras

Empreender é um caminho para o sucesso e à independência financeira.

 Administrador
 23/02/2019|00:12:15
 Emprego

É confiando nisso que a administração pública de Ibema firmou parceria com o governo do Estado que permitiu estender ao município capacitações e aperfeiçoamentos do programa Bom Negócio Paraná. 

“Desde que assumi, estou atrás de meios capazes de melhorar a empregabilidade das pessoas e de ofertar mecanismos para que possam despertar o empreendedorismo nos que pretendem ter o seu próprio negócio. E os resultados têm sido muito bons”, diz o prefeito Adelar Arrosi (PSDB).

O Bom Negócio Paraná tem um amplo leque de treinamentos disponibilizados à comunidade, gratuitamente. Os conteúdos são destinados, além das pessoas que querem empreender, a micros e a pequenos empresários interessados em melhorar o desempenho de suas empresas. “Em uma época tão concorrida, de tantas inovações e possibilidades, manter-se atualizado e conectado é imprescindível para obter êxito”, afirma Adelar Arrosi.

Prefeito em terceiro mandato com experiência como profissão na iniciativa privada de onde sobrevive, frisa. Adelar Arrosi integra conceitos dessas áreas à gestão pública. “O Brasil está em dificuldades, com crise na geração de empregos. Por isso, empreender é uma porta aos que querem criar sua própria chance de ocupação e com ganhos diferenciados”, diz Adelar Arrosi. O empreendedorismo é capaz de transformar a realidade de uma comunidade, diversificando negócios, gerando empregos, oportunidades e renda.
 
Crédito

O Bom Negócio Paraná tem outras contrapartidas aos empreendedores interessados em melhorar a sua performance empresarial. Eles têm acesso a linhas de crédito diferenciadas, com as mais atraentes condições do mercado. São taxas de juros acessíveis, prazos (12 a 60 meses) e facilidades não comuns nas instituições financeiras convencionais.

Os recursos são liberados por meio da Fomento Paraná, um dos braços do governo estadual destinados a impulsionar o crescimento econômico. Os valores solicitados podem ser aplicados na abertura do negócio, para capital de giro e na compra de equipamentos. As somas que cada empreendedor recebe estão associadas à sua capacidade de recepção e pagamento.

De acordo com Adelar Arrosi, os treinamentos da parceria da prefeitura com o Estado são destinados a autônomos, como pedreiros, pintores, eletricistas, encanadores, manicures e cabeleireiros. Além de não pagar a inscrição eles recebem todo material de apoio, como apostilas, gratuitamente. Os cursos ocorrem nas modalidade presencial. Os instrutores  professores e técnicos ligados às universidades da rede estadual de ensino.

Os treinamentos abrangem conteúdos sobre gestão de negócios, gestão de pessoas, gestão comercial, gestão financeira e gestão estratégica. Ao concluir o curso, o participante tem acesso a certificado e passaporte para as linhas de crédito. Os cursos do exercício de 2019 terão início em maio e seguirão até julho, no Centro Cultural. Mais informações podem ser conseguidas com Édina Casanato, na Agencia de Empregos, no setor Inclusão Social pelo (45) 3238-1347.
 



Confira imagem(ns).