Sexta Feira, 18 de Outubro de 2019
Ibema prioriza atendimentos à criança e adolescente

A administração pública de Ibema acaba de divulgar o relatório do quarto bimestre da gestão de atendimento à Idosos, família, criança e adoles

 Administrador
 28/09/2019|01:06:54
 Gabinete

A administração pública de Ibema acaba de divulgar o relatório do quarto bimestre da gestão de atendimento à Idosos, família, criança e ao adolescente, referente ao período de julho a agosto de 2019. O relatório é uma exigência do Tribunal de Contas do Estado. Ele estabelece procedimentos, objetivos, finalidades e retrata, quantitativa e qualitativamente, ações, programas, projetos e serviços municipais destinados à Idosos, família, criança e ao adolescente.

Por meio da divulgação do relatório, segundo o prefeito Adelar Arrosi, a administração pública, apresenta as ações, dá transparência a cada uma delas e tem em mãos dados que, devidamente interpretados, permitem corrigir rumos e decidir sobre as políticas de INCLUSÃO social implementadas no município. Os números são apurados com a colaboração de secretarias e órgãos diretamente envolvidos com trabalhos na área – principalmente a Secretaria Municipal de Bem-Estar Social.

 

Atendimentos

Inúmeras atividades são oferecidas em Ibema com foco específico à criança, adolescente, à família e ao idoso. Parte dos conteúdos são repassados a partir de oficinas. Entre elas estão de prevenção da violência na adolescência, medidas socioeducativas, e atividades de socialização e de cunho educacional, como brinquedoteca, informática, ballet, música e capoeira.

O Cras (Centro de Referência de Assistência Social) cumpre papel determinante na observação da política destinada a esses públicos, de acordo com o prefeito Adelar Arrosi. Entre as ações que desenvolve estão: visitas domiciliares, atendimentos de assistente social e psicóloga, atualizações cadastrais, reuniões técnicas, visitas do programa Bolsa Família e Bolsa Paranaense.

Crianças e adolescentes contam com atendimentos psicossocial, visitas domiciliares, cumprimento de medidas e acompanhamento de medidas socioeducativas. O Conselho Tutelar também participa ativamente com as tarefas que lhe compete e há ainda a oferta de serviços na área de educação, esporte e cultura. Crianças e adolescentes são incentivos a participar de escolinhas de futsal, vôlei, projetos de saúde bucal, hora cultural, projeto de leitura, de educação no trânsito, pais na escola, entre outros.

O atendimento de saúde também é levado muito a sério, com ênfase à prevenção, garante Adelar Arrosi. O Saúde da Criança, para indivíduos com idades de 0 a 18 anos, foca a qualidade de vida e incentiva práticas para que a criança e o adolescente possam desenvolver seus potenciais. A área da saúde realizou no período de julho a agosto 4.273 atendimentos, como consultas, consultas especializadas, exames, fisioterapia, psicologia, atendimento de saúde mental, imunizações, odontologia, atendimentos por meio de agentes comunitários, testes do pezinho, orelhinha e puericultura.

 

Síntese

Alguns números que constam do relatório apresentam resumo das atividades oferecidas à criança e ao adolescente no 4º bimestre, por áreas: assistência social 1.958, educação, esporte e cultura 866, Conselho Tutelar 452 e Saúde 4.273. O total de julho e agosto é de 7.559 atendimentos. Apenas nesse período, o total alcançado foi superior, somente para efeito de comparação, à população de Ibema que, segundo o IBGE, é de cerca de 6,5 mil habitantes.



Confira imagem(ns).