Domingo, 31 de Maio de 2020
Coronavírus

Adelar Arrosi diz que a cautela e a prudência são fundamentais a qualquer decisão

 Administrador
 23/04/2020|21:41:19
 Saúde

A cautela e a prudência, associadas ao que diz a ciência e as autoridades de saúde, são fundamentais para embasar qualquer nova decisão relacionada sobre os efeitos da pandemia do coronavírus.

Quem afirma é o prefeito de Ibema, Adelar Arrosi, que diz entender a demanda de pessoas, autoridades e entidades que buscam formas de flexibilizar as medidas de restrição e distanciamento social, embora alguns não prestem serviços essenciais.

Ibema está há mais de um mês sob o efeito de um decreto que trouxe medidas de distanciamento social e estabelece situação de emergência no município. "Tudo para reduzir riscos e preservar o bem mais precioso, que é a vida", diz Adelar Arrosi.

O prefeito afirma que o decreto de um mês atrás está em vigor e que mudanças só ocorrerão quando existir segurança para que as medidas de distanciamento social puderem ser flexibilizadas.

"Não é uma questão local. É nacional e mundial. O vírus é perigoso e já levou a óbito um grande número de pessoas. Por isso, prudência e atender a orientação das pessoas que realmente entendem de saúde é o melhor a fazer neste momento", segundo Adelar Arrosi. 

O prefeito informa que os setores essenciais estão funcionando para bem atender a sobrevida essencial local, e mesmo assim seguindo orientações. Não justifica a ansiedade de alguns seguimentos em relutar em não entender a necessidade do distanciamento social, de "não se ter reuniões e aglomerações", alheios a gravidade que a transmissão da infecção causa.  

A administração pública, esta atenta ao andamento da pandemia com informações técnicas constantes, inclui o monitoramento da disponibilidade de leitos e UTI na região, vistas que o sistema se apresenta bastante carregado. Da mesma forma, atende da melhor forma que pode. 

"A expectativa de todos, e minha também, é que as coisas se resolvam logo e então todos possam retomar suas vidas, afazeres e negócios", mas o momento é de prudência e responsabilidade.