Facebook Ouvidoria E-mail Acessibilidade
Segunda Feira, 06 de Fevereiro de 2023
Utilidade Pública - Secretaria de Saúde

Entre os meses de janeiro a junho de 2022, foram registrados 31 (trinta e um) casos de dengue, por esse motivo, é recomendado seguir algumas orient...

 Administrador
 14/10/2022|17:11:06
 Saúde

No período de chuva aumenta o risco de proliferação de animais e insetos causadores de doenças, dentre eles o mosquito Aedes Aegypti transmissor da dengue, febre amarela, Zika Vírus e Chikungunya. Diante disso, se faz necessário que toda população auxilie a equipe de saúde no controle de possíveis vetores, inspecionando seu imóvel (residência e quintal), a fim de manter livre de animais peçonhentos e insetos transmissores de doenças.

Entre os meses de janeiro a junho de 2022, foram registrados 31 (trinta e um) casos de dengue, por esse motivo, é recomendado seguir essas orientações:
- Verifique seu quintal, elimine qualquer local onde houver água acumulada, sabendo que após três dias passa a ser criadouro do mosquito transmissor da dengue.
- Caso houver pneus velhos no seu quintal, coloque próximo a lixeira para que possa ser recolhido.
- Evite fazer captação de água da chuva, grande percentual dos criadouros é encontrado nestes locais, caso necessite realizar a coleta de água, mantenha o recipiente sempre muito bem tampado.
- Fossa séptica tem se tornado local de criadouro de insetos, dentre eles o mosquito transmissor da dengue, coloque tela no cano de respiro da fossa (sombrite).
- Retire materiais como: madeiras (criadouros de escorpião amarelo, bicho barbeiro) móveis velhos, sucatas, garrafas, lixos e outros objetos inservíveis que estejam no quintal, de acordo com o cronograma a equipe de limpeza urbana estará recolhendo.
- Efetue a capina mecânica, ou o corte da vegetação do seu imóvel, a fim de manter o terreno limpo.

Ao constatar alguma situação de risco relacionado a criadouros de mosquitos transmissores da dengue, ou animais peçonhentos (bicho barbeiro, escorpião), entre em contato com a equipe de controle de endemias no Posto de Saúde.

A melhor forma de combater o mosquito Aedes Aegypti e alguns animais peçonhentos, é manter o quintal limpo e livre de água acumulada, isto se faz com a participação de todos, junte-se a nós!



Confira imagem(ns).