Terça Feira, 20 de Agosto de 2019
Ibema reforça liberações de projetos e de parcerias no Estado e União

Com a alternância dos governos nas esferas federal e estadual, Adelar Arrosi vem de uma peregrinação recente, por Brasília e Curitiba.

 Administrador
 02/04/2019|19:34:26
 Gabinete

Com a alternância dos governos nas esferas federal e estadual, Adelar Arrosi vem de uma peregrinação recente, por Brasília e Curitiba. “Sigo empenhado em pedir, praticar o famoso 'pires na mão', cobrar e mostrar as autoridades a necessidade de atender projetos importantes para a nossa comunidade. 'Estou fazendo a minha parte', com total empenho, dedicação e responsabilidade que o oficio da função eletiva me incumbe”, afirma o prefeito, que está em seu terceiro mandato.

O prefeito Adelar Arrosi (PSDB) protocolou e revisou com os ajustes necessários diversas solicitações de parcerias e da participação da União e do governo do Estado em projetos estratégicos para o futuro de Ibema. “São reivindicações que, se devidamente liberados, representam muitos milhões em investimentos, soma capaz de melhorar em muito a realidade local”, afirma o gestor. 

No governo federal, o prefeito vem de protocolar as seguintes solicitações: MEC/FNDE ampliação da Escola Otávio Simone no valor de R$ 1,5 milhão, aquisição de ônibus urbano R$ 274 mil, aquisição de ônibus rural R$ 358,6 mil, compra de material didático, R$ 56 mil. No Ministério da Saúde, os pedidos são: academia de saúde R$ 125 mil, custeio, equipamentos e reforma do hospital municipal R$ 250 mil (FNS).

Adelar Arrosi apresentou as seguintes reivindicações ao Ministério do Turismo: construção da segunda etapa do lago municipal, no valor de R$ 1.013 milhão, pista de caminhada e três projetos para infra-estrutura turística, que ultrapassam outros R$ 1,5 milhão.

Os projetos apresentados pelo prefeito na Funasa são: Saneamento básico urbano, rede de esgoto, projeto executivo com a empresa Ecossol para finalizações e implantações – projeto executivo em elaboração final, valor exato dependendo da finalização do projeto, estimativa do investimento cerca de R$ 16. milhões. Saneamento Água Potável em Linha Cristópolis R$ 998 mil.

O prefeito tem projeto protocolado no valor de R$ 3 milhões aguardando resposta do Ministério da Ciência e Tecnologia. Os recursos, caso liberados, serão investidos em um parque tecnológico.

No Ministério da Agricultura, os pedidos são: R$ 950 mil para aquisição de máquinas e equipamentos agrícola, R$ 800 mil para aquisição de caminhões com caçamba basculante, R$ 800 mil para pavimentação com pedras poliédricas, R$ 4 milhões para obras de pavimento em estradas rurais e R$ 600 mil a obras de engenharia civil.

No Ministério do Esporte (CIE – Centro de Iniciação ao Esporte), o prefeito tem protocolado a solicitação de R$ 2,6 milhões; outro pedido é no valor de R$ 250 mil para a construção de uma pista de skate e de outros R$ 280 mil para a reforma de espaços esportivos.

GOVERNO ESTADUAL

O prefeito Adelar Arrosi fez a apresentação e protocolo de diversas solicitações junto ao governo estadual, e que também aguardam liberação. Na Secretaria da Saúde são: reforma do hospital R$ 250 mil, custeio, equipamentos e ampliação de UBS R$ 250 mil. 

Na Sedu/Paranacidade os protocolos somam R$ 3.8 milhões para pavimentação, infra-estrutura urbana e edificações de estruturas, (entre emendas e financiamentos previstos para o exercício de 2019). 

Na Secretaria da Agricultura: os protocolos são projetos de pavimentação rural (pedras poliédricas) R$ 1 milhão. Compra de equipamentos agrícolas e veículos no valor de R$ 250 mil. Na Secretaria do Esporte e Lazer, implantação de um parque infantil, estimado em R$ 120 mil, é a solicitação pendente.

Já na Secretaria da Família e Desenvolvimento Social são R$ 240 mil para a compra de veículo adaptado às pessoas com deficiência e outros R$ 145 mil, do FIA, o Fundo para a Infância e Adolescência. Na Seil/DER as solicitações são para a liberação de material fresado, vigas/pontes e implantação de sinalização viária.

Na Cohapar o prefeito de Ibema tem uma reivindicação para a construção de 80 casas populares. E na Copel estão em andamento solicitações no valor de R$ 900 mil para projeto de iluminação pública, substituição das lâmpadas por LED. Projeto de arborização urbana. 

Paralelo a tudo isso Adelar Arrosi, estuda propostas de financiamentos para estruturas no município oferecidas pelo BRDE, Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul. Persiste extremamente empenhado em viabilizar a volta das atividades da Fabrica de Papel, parada desde 2015.



Confira imagem(ns).