Terça Feira, 12 de Dezembro de 2017
Ibema dará férias coletivas aos servidores públicos

Alguns setores e serviços, como saúde, limpeza pública, coletas de lixo e entulho, que são considerados essenciais, seguirão normalmente.

 Administrador
 23/11/2017|08:49:41
 Gabinete

O decreto de número 975/2017 define o período de férias coletivas planejadas, e que alcançará os servidores públicos municipais no período de 22 de dezembro a 21 de janeiro de 2018. Alguns setores e serviços, como saúde, limpeza pública, coletas de lixo e entulho, que são considerados essenciais, seguirão normalmente nesse período.

Conforme Adelar Arrosi a adoção das férias coletivas traz inúmeros benefícios ao município e ao cidadão. “Em um período atípico, de férias, por isso as demandas à prefeitura e às secretarias costumam ser reduzidas. Assim, o funcionalismo aproveita esse período para receber suas férias e o cidadão, por sua vez, terá atendimento cheio nos outros meses do ano, já que nenhum setor ou departamento ficará descoberto por falta de pessoal”, afirma.

Com a concentração das férias em um único período, durante o ano não há sobrecarga de serviços em alguns segmento justamente pela eventual falta de servidores que estariam então em período de férias. Adelar Arrosi lembra que as férias são asseguradas por lei e, diante disso, precisam ser cumpridas pelas empresas, administrações e órgãos públicos.

Ao conceder férias, a atual gestão começa a colocar em dia esse direito ao funcionalismo, já que parte dos servidores estão com varias férias vencidas por desrespeito a esse benefício como deveriam. Em Janeiro desse ano assumimos parcela considerável dos servidores com três ferias vencidas, havia casos de servidores com até quatro férias vencidas, o que viemos regularizando esse ano.

O prefeito, com base no decreto 975/2017, informa que qualquer serviço ou atividade em desacordo com a determinação que acaba de ser publicada poderá ser executado quando em caráter emergencial. E ainda, segundo Adelar Arrosi, mediante a

autorização do secretário respectivo. “É importante que essas regras todas sejam divulgadas e conhecidas pelo funcionalismo como pelos cidadãos, a transparência é e será sempre um dos fundamentos centrais observados pela atual administração pública municipal de Ibema”.

 

Avanços

Adelar Arrosi informa que foram inúmeros os avanços administrativos que Ibema conquistou em 2017, o primeiro ano da atual gestão. Além da recuperação da frota, inicio da recuperação das estruturas públicas, baixamos o índice do limite prudencial da folha, de 54,6% em Janeiro/17, para 45,3 em Outubro/17.

Pagamos pendências com fornecedores, restos a pagar e compromissos em atraso, como INSS, entre outros, tornando o município adimplente com órgãos e instancias, com todas as CND (Certidão Negativa de Débitos) em dia, a atual administração inovou também em sua forma de se relacionar e respeitar as pessoas, cada servidor em sua devida função, observando o cumprimento da carga horária estabelecida em lei, recuperando gradualmente a imagem dos trabalhadores e do município.

Uma das medidas de maior sucesso foi a decisão do prefeito de atender no saguão em vez do gabinete. “Todo servidor, cidadão que for à prefeitura, a qualquer hora, querendo será atendido pelo prefeito. Ele poderá apresentar dúvidas, fazer críticas ou até elogios. Tudo diretamente ao gestor. Isso demonstra que essa é uma administração aberta, franca e objetiva, sempre de olho no melhor ao cidadão e à comunidade”, afirma Adelar Arrosi, que foi eleito pelo PSDB.