Domingo, 18 de Novembro de 2018
Água tratada 

Adelar Arrosi desapropria áreas para implantar saneamento rural a 190 famílias.

 Administrador
 30/08/2018|23:20:18
 Saúde

O decreto de número 1.147/2018, assinado pelo prefeito Adelar Arrosi (PSDB) em 30 de agosto último, declara de utilidade pública, para fins de desapropriação, parte de imóveis localizados na zona rural de Ibema, mais especificamente em Linha Cristópolis.

De acordo com o prefeito, a declaração de utilidade pública objetiva a implantação de poços artesianos e reservatórios de água nesses pontos da localidade. A medida é necessária para que o procedimento, fruto de parceria da Prefeitura de Ibema com a Funasa (Fundação Nacional da Saúde), possa ocorrer sem qualquer atropelo legal.

Com a medida, 190 famílias de produtores rurais vão receber água tratada em suas moradias. “Água de boa qualidade significa mais saúde e principalmente mais dignidade a agricultores que, com o seu trabalho e empenho, tanto contribuem para o desenvolvimento social e econômico do nosso município”, diz Adelar Arrosi.

Segundo o prefeito, o investimento no sistema de tratamento e distribuição de água chegará a R$ 998 mil. O dinheiro vai ser aplicado na perfuração dos poços, na implantação de rede distribuidora e também na compra e fornecimento de caixas d´água que vão ser instaladas nas 190 residências dos produtores rurais contemplados. O dinheiro é liberado a fundo perdido pelo Ministério da Saúde.
 
Áreas
Um dos imóveis alcançados pelo decreto é o Formigas e vinte e quatro, de matrícula de número 5.635. A declaração de utilidade pública alcança também parte do imóvel lote número 1, remanescente, subdivisão do imóvel denominado Laranjeiras ou Colônia Murilo, ou ainda Formigas, de matrícula 482.